header_image
Your search results

Como funciona o mercado imobiliário nos EUA?

Posted by Newimob Realty on 08/02/2017
| Blog
| 0

A cada ano que passa, mais e mais brasileiros adquirem imóveis em terras americanas. É muito comum conhecer alguém que já esteve, está ou até mesmo se mudará para os EUA. No caso do Brasil, o estado escolhido na maioria dos casos é a Flórida. O motivo, como muitos já devem saber, é o clima tropical que se assemelha ao litoral que temos aqui.

No entanto, é importante saber como funciona o mercado imobiliário por lá. Afinal, a aquisição de um imóvel nos EUA é diferente da transação feita no Brasil. Veja os principais detalhes aqui.

Escolha certa de um corretor

Como os estados americanos podem apresentar legislações distintas, a melhor e única opção é contar com a ajuda de um corretor (Realtor) para auxiliar o comprador. O profissional conhece todas as normas que regem os contratos. Dessa forma, o interessado no imóvel ficará muito bem assistido por quem entende do complexo mercado imobiliário norte-americano.

Modalidades de compra do mercado imobiliário nos EUA

É importante que se saiba a melhor modalidade de compra de um imóvel. É aconselhável que se preste atenção quanto ao valor da residência. Sendo assim, a aquisição pode ser feita por meio de pessoa física ou jurídica. Mas qual é o mais indicado para cada caso?

Pessoa jurídica: o comprador, ao optar por essa modalidade, tem a garantia de proteger seu imóvel das responsabilidades legais americanas. Há ainda uma eventual possibilidade de espólio, no caso de morte do proprietário. O valor deve ser superior a U$ 150 mil.

Pessoa física: imóvel inferior a U$ 150 mil.

Detalhes nos imóveis que impactam no valor

O comprador não pode se esquecer de que os EUA são um país amplo e com clima bem diversificado. No caso da Flórida, um estado quente, as casas podem vir com aparelhos que amenizam o calor. Diferente dos estados mais ao norte, que convivem com o frio e a neve (e que precisam de aquecedores). Tudo isso exerce grande influência no valor final.

Há muito para se falar sobre o mercado imobiliário nos EUA. Para saber mais, não deixe de acompanhar nossos artigos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Pin It on Pinterest